O processo de tradução para português de todos os nossos conteúdos científicos ainda está a decorrer e lamentamos qualquer inconveniente que isto possa causar. Volte a verificar em breve ou navegue na versão em inglês abaixo.

Metabolômica

metabolomics-hero
cardiac-muscle

Os cientistas interpretam as atividades celulares por meio de metabolômica.

É o estudo de pequenas moléculas que são as impressões digitais químicas resultantes de todas as reações bioquímicas em um organismo, desde a produção de energia até a construção de proteínas. O rastreamento desses metabólitos permite que os pesquisadores entendam o metabolismo nas células, nos tecidos e em todo o corpo. Ao descobrir quais metabólitos diferem em animais saudáveis em comparação com os animais doentes, a pesquisa da Purina pode melhorar a compreensão dos mecanismos subjacentes da doença.

Doença degenerativa da valva mitral

heart-diagram

A doença mixomatosa da valva mitral (DMVD) é a doença cardíaca mais comum em cães. Essa condição sobrecarrega o coração e pode progredir para insuficiência cardíaca. Descobrir como as vias metabólicas são alteradas na DMVD é uma etapa importante para a compreensão dos mecanismos celulares que danificam a valva mitral.

Pesquisa da Purina

purina-research

Os cientistas da Purina usaram uma combinação de transcriptômica e metabolômica para estudar cães com DMVD. Os resultados identificaram 54 metabólitos séricos que diferiram significativamente entre cães saudáveis e com DMVD, incluindo muitos que indicaram metabolismo de energia anormal no grupo doente.1,2

Principais pontos a serem lembrados

  • Pequenas moléculas resultantes de reações bioquímicas são impressões digitais químicas que permitem que os pesquisadores entendam melhor as diferenças metabólicas entre animais de estimação saudáveis e animais doentes.
  • DMVD é um exemplo de uma condição em que os estudos metabolômicos da Purina mostraram como as vias bioquímicas diferem significativamente entre cães saudáveis e cães com DMVD.

Saiba mais

1. Li, Q., Freeman, L. M., Rush, J. E., Huggins, G. S., Kennedy, A. D., Labuda, J. A., & Hannah, S. S. (2015). Veterinary medicine and multi-omics research for future nutrition targets: metabolomics and transcriptomics of the common degenerative mitral valve disease in dogs. OMICS, 19(8), 461–470.

2. López‐Alvarez, J., Elliott, J., Pfeiffer, D., Chang, Y. M., Mattin, M., Moonarmart, W., & Hezzell, M. J. (2015). Clinical severity score system in dogs with degenerative mitral valve disease. Journal of Veterinary Internal Medicine, 29(2), 575–581.