Transformando a saúde do coração

cachorro olhando para a câmera e para um gato

O coração pode bater mais de um bilhão de vezes durante a vida de um cão ou gato.1, 2 

Com uma carga de trabalho contínua, o coração saudável tem um metabolismo energético de repouso mais elevado do que qualquer outro órgão do corpo. Muitos nutrientes são necessários para apoiar as milhares de mitocôndrias produtoras de ATP dentro de cada cardiomiócito para manter o coração batendo, batimento após batimento.3, 4   

No entanto, o papel da nutrição na saúde cardíaca é muitas vezes esquecido.

A pesquisa da Purina mostra que uma mistura específica de nutrientes pode melhorar as principais afecções cardíacas e retardar a progressão da doença cardíaca em cães com Doença Mixomatosa da Valva Mitral (DMVM) em estágio inicial.5  

Se a intervenção dietética pode retardar a progressão da DMVM em estágio inicial em cães, o que mais a nutrição poderia fazer para a saúde do coração?

Explore as áreas de Transformando a saúde do coração:

Saiba mais

  1. Abbott, J. A. (2005). Heart rate and heart rate variability of healthy cats in home and hospital environments. Journal of Feline Medicine and Surgery7(3), 195–202.
  2. Haskins, S., Pascoe, P.J., Ilkiw, J.E., Fudge, J., Hopper, K., & Aldrich, J. (2005). Reference cardiopulmonary values in normal dogs. Comparative Medicine, 55(2), 156–161.
  3. Fernández-Vizarra, E., Enríquez, J.A., Pérez-Martos, A., Montoya, J., & Fernández-Silva, P. (2011). Tissue-specific differences in mitochondrial activity and biogenesis. Mitochondrion, 11(1), 207–213.
  4. Veltri, K.L., Espiritu, M., & Singh, G. (1990). Distinct genomic copy number in mitochondria of different mammalian organs. Journal of Cell Physiology, 143(1), 160–164.
  5. Li, Q., Heaney, A., Langenfeld-McCoy, N., Boler, B. V., & Laflamme, D. P. (2019). Dietary intervention reduces left atrial enlargement in dogs with early preclinical myxomatous mitral valve disease: a blinded randomized controlled study in 36 dogs. BMC Veterinary Research15(1), 425.
Quer saber mais? Consulte estas referências: